Depois de fazeres a tua cerveja a partir de kits, de certeza que sentes aquela sensação de satisfação, e de dever cumprido, a palavra já se deve ter espalhado pela vizinhança, e os teus amigos devem te estar a bater a porta!

Acabaste de entrar no mundo da cerveja, nesta secção vais aprender como fazer cerveja recorrendo a extracto de malte, maltes de especialidade e lúpulos de amargor, aroma... Material necessário:
- Panela 25L ou 30L, conforme a quantidade a produzir
- Colher
- Fermentador 30L
- Densímetro
- Termómetro
- Balança
- Sacos de musselina
- Serpentina em cobre (ou algo para “mergulhar” a panela em banho-maria)

1º Passo
Na panela coloque cerca de 5 – 6 litros de água, e junte os maltes de especialidade, moidos, (caso a receita escolhida os contenha) dentro do saco de musselina.
2º Passo
Deixe a água, juntamente com os maltes, aquecer lentamente até aos 65.5ºC, mantenha esta temperatura durante 20 minutos.
3º Passo
Junte agora o extracto de malte e a água restante até completar o total da receita, aproveite alguma desta água para lavar as latas do extracto.
4º Passo - Fervura
Comece então a etapa de fervura.
Esta consiste em aquecer o mosto até a temperatura de fervura, assim que se consiga uma fervura constante, deve-se adicionar o lúpulo de amargor e iniciar a contagem do tempo.

Minutos antes de se atingir o final desta etapa (normalmente dura 90 – 120 minutos), deve-se adicionar o lúpulo de aroma.

Estes tempos encontram-se todos especificados nos “kits receita extracto”.
5º Passo - Arrefecimento
É nesta altura do processo que se deve arrefecer o mosto, recorremos a uma serpentina em cobre, para que o arrefecimento seja feito de uma forma “brusca”.

Assim que se atingir os 25º - 27ºC esta fase esta completa.
6º Passo – Fermentação

Antes de colocar o fermento, devemos arejar o mosto, recorrendo a uma bomba de ar com pedra difusora e filtro anti-bacteriano.

Com o mosto já no fermentador, juntamos o fermento e fechamos bem para que não haja fugas.

A nossa cerveja está agora “pronta”!

Apoios